7

Parto, nossa escolha.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Vou repetir aqui o que disse no vídeo: nós não queremos levantar bandeira para nenhum tipo de parto. Não é essa a nossa intenção. Acreditamos na famosa frase “meu corpo, minhas regras” e ela também deveria se aplicar à escolha do parto.

Partindo desse princípio, queremos respeito à nossa ESCOLHA, que foi feita com embasamento científico e não achismos e ignorância (como muitos falam!).

Existem 3 tipo de parto: natural, normal e casárea. Os 3 podem ser humanizados ou não.

O que seria um parto humanizado?

“Humanizar é acreditar na fisiologia da gestação e do parto.
Humanizar é respeitar esta fisiologia, e apenas acompanhá-la.
Humanizar é perceber, refletir e respeitar os diversos aspectos culturais, individuais, psíquicos e emocionais da mulher e de sua família.
Humanizar é devolver o protagonismo do parto à mulher.
É garantir-lhe o direito de conhecimento e escolha.”

(Quem tiver interesse em começar a abrir o coração pra esse assunto, sugiro esta leitura da Doula Eleonora de Moraes)

A questão sobre tipo e escolha de parto só existe dessa forma aqui no Brasil. Acho impressionante a divergência médica… Não é possível que existam médicos que apoiem o parto natural humanizado e outros que usam frases como “com todo o respeito, isso é burrice”.

Eu fico achando que alguns médicos brasileiros não acham que as mulheres brasileiras são capazes de parir… que se não fossem por eles (os verdadeiros protagonistas do parto, que salvam bebês e mães) o Brasil estaria fadado à morte, porque não somos capazes de parir sem eles!

Como pode NO RESTO DO MUNDO ser diferente?

O que nos torna humanos?

“Quanto mais a gente aprende com a ciência, mais a gente esquece que somos mamíferos.” Jane Evans, enfermeira e obstetriz

gravidez-barriga

Nossa escolha pelo parto natural humanizado vem da nossa essência. Do nosso estilo de vida. Quando pisei na casa de parto fiquei toda arrepiada. Tive a certeza que dessa vez eu seria a protagonista do meu parto. Que seria respeitada e amparada.

Sim… tudo pode mudar. Obviamente não vou colocar a vida da minha filha em risco caso haja algum sinal de problema. Por isso estarei rodeada de pessoas que sabem identificar qualquer problema. O trabalho da casa de parto é um trabalho sério. O preparo para o parto natural também. Existem regras muito específicas para poder parir lá. E sim… vamos falar muito sobre isso nos próximos meses, porque estamos aprendendo muito agora!

Depois que tive a Manuh, acabei me informando muito mais sobre esse assunto, mas é diferente passar por isso, rsrsrsrs.

Pronto, o assunto foi lançado, rsrsrsrs! Agora o que eu espero é receber muito amor e energia positiva! Ah, e respeito. Até porque isso deveria ser fundamental na humanidade… é ou não é?

Gabi

Bacharel em Teatro, Licenciada em Teatro-Educação e Pós-Graduada em Arte Integrativa, encontrei na maternidade as respostas para as minhas inquietações e angustias! A FAMÍLIA vai ser sempre meu maior aprendizado!

7 Comentários

  1. Acho um trabalho maravilhoso, afinal, se a natureza foi capaz de dar a vida, porque ela não trazer ao mundo, sem interferências! Mas assim como disseram, o cuidado é dobrado! Uma conhecida se culpa até hoje, por ter colocado a vida do filho em perigo! Já que demoraram para tirar ele do canal vaginal e faltou oxigênio, e pela
    Força que fez, os pontos de uma cesárea anterior (3 anos) estourou os pontos! Os dois para UTI, ela por hemorragia e ele por confusões!
    Riscos existiram em todos os partos, por isso defendo a hipótese de seguir o que o coração e o corpo pedem, mas com muita cautela, sempre!
    Boa sorte nessa nova experiência! Deus estará junto de vocês, e guiará para que tudo ocorra bem! Saúde para a Nina

  2. Acho um trabalho maravilhoso, afinal, se a natureza foi capaz de dar a vida, porque ela não trazer ao mundo, sem interferências! Mas assim como disseram, o cuidado é dobrado! Uma conhecida se culpa até hoje, por ter colocado a vida do filho em perigo! Já que demoraram para tirar ele do canal vaginal e faltou oxigênio, e pela
    Força que fez, os pontos de uma cesárea anterior (3 anos) estouraram! Os dois para UTI, ela por hemorragia e ele por convulsões!
    Riscos existiram em todos os partos, por isso defendo a hipótese de seguir o que o coração e o corpo pedem, mas com muita cautela, sempre!
    Boa sorte nessa nova experiência! Deus estará junto de vocês, e guiará para que tudo ocorra bem! Saúde para a Nina

  3. Incrível Gabi!!!!! Quero muitos vídeos abordando esse assunto!! Com certeza eu a forma mais linda de se vir a vida!! Relata pra gente!! Temos muitos estudos e artigos sobre, mas na prática são poucos relatos, de pré e pós, o maior é durante.. Toda vibe positiva do mundo, tudo vai dar certo!! Toda saúde e felicidade estarão vindo para alegrar ainda mais essa família!! ❤

  4. Oi Bibi , adooorei a sua escolha ❤️ É a maneira que eu tb gostaria de receber meu bebe (quando eu engravidar) a este mundo. Você e o Tiago são sabios e nao iria fazer nada que fosse prejudicar a Nina & nem sua familia , tenho certeza disso ?! Amo vocês – manda um beijão pra Manuh & quero beijo dela tb ❤️
    Beijão em Você , no Ti & na Nina tb

  5. A verdade, Gabi, é que cada um sabe de si, e ninguém é menos mãe ou mais mãe pela escolha de parto que faz! A maternidade não se incia nem se encerra no momento do parto. Você está certíssima em fazer a sua escolha pautada nos seus ideais e objetivos, e o importante é ter o coração sereno nesse momento tão importante! Um beijão pra Nina (e pra Manuh também!)

  6. Olá Gabi acompanho vocês desde o começo, e amo os videos, assisto todos. Por muito tempo sonhei em ser mãe, e agora depois de 1 ano de tentativas, consegui minha tão sonhada gravidez, eu meu marido estamos radiantes de felicidade, e junto com a gravidez veia o medo de não consegui parir do jeito que sempre sonhei, nos hospitais aqui do RJ onde moro quasee nenhum faz parto humanizado. Então corri atrás e encontrei uma casa de parto do SUS fiquei apaixonada pelas fotos é pelo relato de mulheres que tiveram bebês lá. Dia 19 agora é minha entrevista com a diretora da casa, estou ansiosa e muito feliz, vou correr atrás pra conseguir trazer meu bebê ao mundo do jeito mais humano possível. Muita energia positiva pra você e sua família linda que tanto admiro, estamos juntas nessa.
    Nosso corpo sabe parir e nossos bebês sabem nascer. Um grande beijo

  7. Aí genteeeee meu coração tá cheio d alegria c essa escolha d vcs tou tão feliz!!! Sou super Ativista ao parto natural humanizado, eu tenho 21 anos tenho uma filhinha de 2 anos tive ela c 19 anos e o meu parto foi natural domiciliar humanizado planejado kkk durou 36h mas nao me arrependo um segundo sequer foi lindo, foi magico, foi incrivel, melhor escolha da minha vida !! Vou ficar aki na torcida p o parto de vcs p q der TD certo assim como o meu foi, q Nina venha cheio de saúde bjooos de recife!!! amo vcs <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *