0

Teatro educação- maquiando o papai!

4 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 1 Pin It Share 3 4 Flares ×

Oi pessoal!!

Como é gostoso brincar com nossos filhos, não é? Aqui em casa a gente sempre tenta (durante a semana) passar pelo menos 2 horinhas juntos brincando. Não é sempre que o papai consegue, por causa de trabalho, mas devo confessar que os dias que estamos os 4 juntos são muito mais legais, rsrsrsrs.

Normalmente quem sugere o “jogo”(vou começar a chamar as brincadeiras com a Manuh de JOGO a partir de agora! Fazer jus à minha formação de teatro-educadora, hahahaha) é a Manuh. Ela dá as regras! A gente estimula e segue porque, geralmente, quando o jogo vem deles, podemos perceber nuances de como eles estão lidando com colegas na escola, detalhes do que estão aprendendo, e mais importante: como estão apreendendo!

É nesse jogo  que podemos acompanhar o desenvolvimento de nossos filhos. Vê-los em ação, como lidam e se portam em sociedade a cada conflito que surgir.Durante o jogo sugerimos coisas pra ver como ela irá reagir: ela lidera a brincadeira ou prefere ser liderada? Como reage quando é contrariada? Experimenta outras saídas para as situações colocadas?

A Manuh é uma criança que entra de cabeça no jogo. Constrói até personagem: muda a maneira de falar e até de se comportar (maquiadora metidinha, rsrsrsrs) o que facilita pra gente ver sua percepção de mundo!

Em longo prazo, o objetivo da educação através do teatro, é a diminuição da fragilidade dos sentimentos: se colocar no lugar do outro, ver o mundo com os olhos do outro, experimentar outras formas para reagir em ocasiões cotidianas. Tudo isso pode ser estimulado e ensinado sem querer fazer de nossos filhos robozinhos prontos para “se comportarem em sociedade”.

A medida que eles crescem, o jogo vai ficando mais complexo (assim como suas percepções do mundo externo!).

O legal agora com a Manuh (de 3 anos) é perceber como ela está enxergando o mundo, pra assim poder entender como podemos ajudá-la em momentos de frustração!

Pronto! Chegamos na fase que eu adoro da educação infantil! Isso é educar através de brincadeiras, e para conseguirmos é só estarmos atentos e o mais importante: ouvir o que eles estão nos contando!

O juiz apitou! Bora jogar?

Gabi

Bacharel em Teatro, Licenciada em Teatro-Educação e Pós-Graduada em Arte Integrativa, encontrei na maternidade as respostas para as minhas inquietações e angustias! A FAMÍLIA vai ser sempre meu maior aprendizado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *