9

Amamentar: #defensoresdaamamentacao

80 Flares Facebook 80 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 80 Flares ×

defensores-da-amamentacao

Acho incrível que amamentar seja um tema tão polêmico…

Lendo alguns comentários lá no youtube, fico me questionando em que mundo estamos… Somos uma sociedade patriarcal e machista que olha a mulher como símbolo de prazer e a mulher também se vê assim. ISSO é motivo de vergonha, não amamentar em público.

A OMS e o Ministério da Saúde, recomendam o aleitamento EXCLUSIVO até 6 meses e complementar até no MÍNIMO 2 anos.

Entre os maiores benefícios da amamentação “prolongada” está a independência da criança e, desmamar antes da hora pode deixar a criança mais apegada e insegura.

Estamos na semana mundial de aleitamento materno que nesse ano traz como tema adotado “Amamentação e Trabalho: Para dar certo, o compromisso é de todos”.

Como dissemos no vídeo, somos #defensoresdaamamentacao

Para nós amamentar é um ato de amor, de saúde e de vida. É um momento especial que fortalece o vínculo entre mãe e bebê!

Respeito e entendo todas as mulheres que optaram por parar de amamentar, seja por falta de informação, seja por stress, seja porque voltaram a trabalhar e não conseguiram tirar leite, seja por qual motivo for. Não, você não é menos mãe por isso. Todas as nossas escolhas buscam o que acreditamos ser melhor para nossos filhos.

Eu tive a sorte ter tido apoio, informação, de trabalhar de casa… tudo que facilitou essa minha opção!

Pretendo amamentar até dois anos (tá chegando, rsrsrsrsrs), mas não sei se vai ser 2 anos e 1 mês, 2,3… A Manuh mama de noite e de manhã. Só. Não toma leite de vaca puro (não gosta). Não me preocupo, aceito que o desmame completo vai acontecer no tempo certo para a nossa família!

Sei que existem problemas, tentativas fracassadas e tudo mais. Eu não tenho o poder de viver a história de todos, por isso vivo 100% a minha! O que falo e o que defendo são as escolhas que eu faço e a maneira que eu vivo. Estou certa? Estou errada? Estou seguindo o que me fala à alma e sempre que eu sigo o que meu coração manda, coisas boas acontecem!

Desejo muito amor liquido a todos! É o amor mais puro, mais forte e mais necessário para todos nós como sociedade!

Beijocas

 

 

Gabi

Bacharel em Teatro, Licenciada em Teatro-Educação e Pós-Graduada em Arte Integrativa, encontrei na maternidade as respostas para as minhas inquietações e angustias! A FAMÍLIA vai ser sempre meu maior aprendizado!

9 Comentários

  1. Não sou contra a amamentação prolongada mas o que me chama atenção é a necessidade que algumas mães tem disso! Por exemplo, você diz que vai amamentar até dos dois anos. Porque isso??? Tipo, eu amamentei até os 8 meses. E resolvi parar por que meu filho já estava comendo de tudo e não sentia mais falta do peito. Não, ele não largou sozinho. Eu que resolvi não dar mais! Sem drama! Não foi por vergonha… Não foi por stress… Não foi porque voltei a trabalhar (porque não voltei), não foi falta de informação, simplesmente não achei mais necessário. Agora tem umas mães que querem levantar uma bandeira de: “ai eu vou amamentar até quando meu bebê quiser”, “eu vou amamentar até dois anos”. Por que gente?? Pra que? Feio demais uma criança de 2, 3 anos puxando a blusa da mãe a todo tempo!

    • Se vc olhar os links que postei vai entender…
      Ser feio ou bonito é questão do que vc foi forçada a aprender…
      A verdade é que é pro bem do seu filho. Não existe nada oculto por trás disso.
      Entendo que stress faz muita gente desistir. Eu quase desisti. Mas quando pesei na balança (e aí entra a informação), vi que era melhor pra saúde física e emocional da minha filha.
      Não me arrependo e faria tudo de novo.
      Mas como sempre digo: cada família vai fazer o que é melhor para o andamento dela.
      Quer parar, para. Não precisa criticar quem continua. A escolha foi sua, assim como a de continuar foi minha.
      Agora, não passar informação que a própria organização mundial de saúde incentiva porque algumas pessoas podem ficar ofendidas, chega a ser até irresponsabilidade nossa.
      Beijocas!

  2. Concordo completamente!
    Odeio ter que ouvir: “Nossa, ela AINDA mama?” com aquela voz de espanto. Eu sinceramente n entendo pq n somos respeitadas,
    Pq pra mim meu amor uma mãe que amamenta e ainda mais prolongadamente, deveria ser aplaudida e ovacionada ao tirar seu seio pra fora, isso sim rs…

  3. Vi o vídeo e só discordo quando vocês disseram que pediatra cuida de criança doente. Um bom pediatra cuida do bem-estar da criança e tudo o que envolve. Quando preciso, indica outros profissionais. A pediatra do meu filho é assim, apóia a amamentação e eu continuo amamentando meu filho, após 1 ano.

    • Infelizmente ela faz parte da minoria… não é a toa que é também a minoria que continua amamentando até no mínimo 2 anos…
      Mas são realidades que aos poucos estão mudando!
      (assim como o parto!)
      Beijocas

      • Sim, infelizmente é minoria. Torcendo pra que essa porcentagem aumente, assim como o tempo médio de amamentação (ela me disse que no Brasil é de 3 meses). Bjocas!

  4. Fiquei feliz de encontrar a resposta para os comentários do vídeo, pois estive a ponto de responder alguns e tive que me segurar (de vez em quando o sangue ferve). A sociedade está mudando constantemente e se analisamos a evolução do aleitamento materno percebemos que hoje ainda estamos em uma situação melhor que há 50 ou até mesmo 30 anos atrás quando o leite materno era visto como “fraco”. Hoje em dia temos mais informações mas ainda há um longo caminho a se percorrer e são de pessoas como você que a sociedade precisa, Que passa informações corretas, serve de exemplo e ao mesmo tempo respeita opiniões alheias! A minha filha tem a idade da Manuh e “ainda” mama e não temos intenção de parar tão cedo. Aqueles que não entendem a necessidade disso pois a criança nessa idade já come de tudo, se esquece que o ato de amamentar é muito mais que alimentar a fome da criança, amamentar também é uma maneira de confortar! Cura qualquer dor, acalma qualquer frustração, medos ou angústia que a criança possa estar sentindo. Achar o ato de amamentar uma coisa feia ( independente da idade da criança) só mostra o tão grave a inversão dos nossos valores! Parabéns Gabi continue sendo um exemplo a seguir e Ouvindo somente a sua intuição materna, a Manuh e o mundo agradecem.

  5. Meu bebe mamou exclusivamente até o 6 mês e ainda mama muito no peito agora com 1 ano e 4 meses, pretendo manter até 2 anos ou mais, porém evito lugares publícios pois as pessoas me olham com um olhar horrendo como se eu estivesse fazendo algo muito feio ou errado, triste isso mas acontece e muito.

  6. Eu mamei até os 4 anos, diz minha mãe. Espero que eu tenha tirado algum benefício.
    Pra ser sincera não sei se tem a ver, mas sempre fui uma pessoa um pouco fraca. Tive anemia lá pelos meus 7 anos, tenho pressão baixa desde os meus 9 anos, e como disse, sou um pouco fraca, perco a disposição facilmente, não consigo correr muito…
    Me alimento consideravelmente bem, então sei que não é isso.
    Mas acho que o leite materno é proveitoso até uma certa idade… Depois não fará muita diferença. A criança vai precisar de outros nutrientes, e o leite materno não será mais importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *