0

Dia de parque, teatro e madrugada com o papai!

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Depois de passar uma noite inteira na casa da vovó, me bateu uma saudade dessa bichinha que não larguei mais! O mais legal de tudo isso foi que recuperei minhas energias até pra me entregar mais nas brincadeiras com ela! Fizemos um picnic no parque…

picnic-no-parque

Fomos ao Teatro Sergio Cardoso assistir a Turma da Mônica no espetáculo Mônica Mundi: um volta ao mundo com a Turma da Mônica (aliás, muito obrigada Luis Sobral e Helena… a Manuh AMOU!!! Pelo vídeo dá pra ter uma noção do quanto ela se divertiu!)

Teatro vai ser sempre um lugar que nos encanta, e vocês não fazem ideia da felicidade sentimos ao ver o quanto a Manuh curte! (Falei em outro post sobre quando levar seu filho ao teatro!)

Essa magia, o olho brilhando, a experiência de ouvir uma história, a atenção ao movimentos, as cores… estimulam não só nossos sentidos, estimula também nossa alma!

manuh-e-monica

manuh-e-cascao

vai-começar-o-espetaculo

Foi um final de semana delicioso em família! Como é bom estar junto de quem a gente ama, não é?!

Até mesmo o “Santo Domingo” (meu dia de acordar tarde), proporciona um momento tão lindo do Tiago com a Manuh… É uma vivência só deles e isso me enche de alegria… Quando ela percebe que é o dia do papai acordar, ela já sabe que vai sair, tomar café, brincar e ser paparicada por ele e já fica toda animada!! Eu, finjo que não acordo… mas é impossível não acordar ouvindo as risadinhas, rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs. Fico lá, deitada na cama quietinha ouvindo tudo que está acontecendo, e depois desço louca pra comer meu croissant! Ai domingo… te espero desde segunda, hahahahahahaha!

Cada momento, cada risada, cada segundo que passa me faz perceber o quanto o tempo passa rápido e o quanto temos que ficar entregues quando estamos todos juntos…

Os anos vão passando e ela vai ganhar sua independência, assim como eu ganhei a minha, e vai voar pra longe pra se assumir como indivíduo. Isso faz parte! Mas nossa… como agora eu entendo minha mãe!

Sim… esse cordão é eterno, mas é mais pra mim do que pra ela! Por isso me entregar 100% agora toda vez que estamos juntas é fácil!

Criar recordações, lembranças gostosas, segurança e confiança. Isso é o que eu posso dar! E isso é tudo que ela precisa! Que bom podermos dar para os nossos filhos tudo que eles precisam, não é?

Gabi

Bacharel em Teatro, Licenciada em Teatro-Educação e Pós-Graduada em Arte Integrativa, encontrei na maternidade as respostas para as minhas inquietações e angustias! A FAMÍLIA vai ser sempre meu maior aprendizado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *