7

Açúcar para o bebê pode?

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

açúcar_refrigerante_bolachas_para_bebês_ministério_da_saúde

Os primeiros 1000 dias de vida da criança é o começo da vida, é nessa época que hábitos alimentares são formados. Por isso seja também um exemplo! A criança se espelha em quem está mais próximo.

O Ministério da Saúde (2013) contraindica alimentos industrializados, açucarados e gordurosos para menores de 2 anos.  O sistema digestivo do bebê ainda é muito sensível e não pode experimentar todos os alimentos consumidos pela família, podendo prejudicar a digestão e absorção de nutrientes, além de comprometer o estado nutricional da criança.

O bebê já nasce com uma preferência para o sabor doce, mas ele não deve ser estimulado durante a introdução de alimentos, nessa hora é importante estimular e apresentar novos sabores, como o azedo e o amargo. Ele só desenvolverá outras preferências se você estimular. Um bebê é uma página em branco e vai aprender o que lhe for ensinado, ele não necessita de refrigerantes, sorvetes e guloseimas, ele não sabe, por exemplo, que aquele maracujá com um pouco de açúcar diminuir aquela acidez, se você oferecer na forma natural, sem adições de açúcares e outros, ele vai aprender a gostar dele assim.

O que o seu filho precisa é de NUTRIENTE, amor e cuidado! Quem disse que açúcar é sinônimo de amor? Você é a “coisa” mais importante na vida da criança. Quer mostra seu amor invista seu tempo e em uma alimentação saudável, assim ele terá saúde pra correr, brincar, pra ser uma criança feliz, nada deixa os pais mais felizes do que verem seus filhos bem, então comece a repensar nas suas escolhas.

O que devo oferecer para meu filho?

Alimentos naturais, ofereça comida de verdade!

O que Deve ser evitado no 1° ano de vida?

Alimentos que são potencialmente alergênicos como:

Frutos do mar e Leite de vaca in natura.

O mel por risco de contaminação com clostridium botulisnum, causador do botulismo (doença que acomete o sistema nervoso central).

Alimentos ultraprocessados por serem ricos em sódio e corantes.

Biscoitos e bolos de farinha refinada.

Suquinhos e sim estou falando o da fruta mesmo, os industrializados não precisa nem falar né gente?! Isso porque o suco fica com alto índice glicêmico, ou seja, aumenta muito rápido a glicose no sangue, pois a fibras da fruta são perdidas no processo de preparo quando se coa, sobrecarregando o pâncreas, aumentando os triglicerídeos, sem contar que a capacidade gástrica do bebê é pequena e pode ocupar o espaço de um alimento mais nutritivo.

LEIA RÓTULOS:

É importante sempre ler a lista de ingredientes dos produtos alimentícios, a lista está em ordem decrescente, logo se o açúcar é um dos primeiros ingredientes significa que é um dos mais abundantes daquele alimento ou produto, isso sem falar nos aditivos químicos que também são adicionados, por isso muita ATENÇÃO!

Se na lista de ingredientes tiver: Farinha de trigo enriquecida de ácido fólico e ferro, açúcar, gordura vegetal hidrogenada, açúcar invertido, amido, soro de leite, sal, fermentos químicos, tenha a certeza que seu bebê não precisa desse alimento nada nutritivo.

Na dúvida, como diz a querida nutri Carol Morais ofereça alimentos cuja embalagem deles seja a própria casca.

Nada substitui a consulta com um nutricionista e pediatra!

Ig: @mundodanutricaoinfantil

Anna Cristina

7 Comentários

  1. Isso é MUITO importante! E não adianta só a mãe e o pai terem esse cuidado se os tios e avós forem encher a criança de refrigerante na primeira festinha de aniversário..
    Além de os pais terem esse cuidado, é importante todas as famílias e conhecidos colaborarem e perguntarem aos pais antes de oferecer algo pra criança..
    Outra coisa tbm é a mamadeira, mesmo que seja de leite em pó.. também tem açucar!
    E muitos pais dão mamadeira pro bebê/criança na hora de dormir e não escovam os dentes da criança (afinal, é mais facil deixar essa etapa de lado, ja que muitas vezes a criança acaba dormindo mamando), e isso é um risco sério pros dentinhos de leite..
    Um tema que seria legal de ser abordado aqui (só sugestão) é sobre a saúde bucal.. a importância de levar os filhos ao dentista, mesmo que seja bebê, mesmo que não tenha nada.. é importante tanto para prevenção quanto para orientações (ja que é um assunto não muito falado por ai..)
    Parabéns Anna Cristina! Ótimo texto!

    • Simplismente amei seu comentário, sou Mãe de uma menina que esta com 4 meses, por enquanto só leite materno até 6 meses, e já estou alertando os familiares, nada de açucares e industrializados para minha filha sem a minha autorização, isso já deu muito o que falar aqui em casa, meu esposo diz que estou neurótica com essa questão de alimentação…rs, mais é simples, só quero o melhor pra minha Princesinha, amei a dica da saúde bucal.

      • Nem me fale!
        E eu que nem casada sou, nem filho tenho (e estou bem longe de ter), mas ja falei pro namorado que quando tivermos filhos, nada de doce antes dos 2 anos, e ainda ouço ‘ahhh bobeira, criança gosta!’
        Mas geeeente! é óbvio que gosta! Criança, adolescente, adultos.. muita gente gosta, mas não faz bem… e não é pq é gostoso que temos que dar, né?!
        E ele sempre fala ‘E de a gente estiver em uma festinha de aniversário e ele quiser doce? Vc vai proibir??’ Ah.. sou da opinião de que criança nasce sem saber de nada (como se fosse uma página em branco) e só aprende aquilo que é ensinado.. Então, vamos ensinar o correto, num é mesmo?!
        Gabi, seja feliz por ter um companheiro como o Tiago que, assim como vc, sempre ta disposto a aprender, estudar, pra fazer o melhor pra Manuh.
        Katia, acho que o melhor é pensar que enquanto ela estiver com vc, vc sabe o que ela vai comer (isso futuramente, né?! rsrs). Isso não vai impedir que um dia qnd ela estiver sozinha com o pai ele dê algum doce pra ela.. Mas o máximo que vc puder fazer, faça!
        E quando ela ja tiver dentinhos, leva num odontopediatra e carrega o marido junto pra ele ouvir todas as coisas que podem acontecer com a ingestão de doce antes dos 2 anos.. pergunte ao odontopediatra sobre cárie de mamadeira (ou então só fale pro seu marido colocar ‘cárie de mamadeira’ no google imagens rsrs)…
        Mas se vc pensa assim em relação ao açucar, ja é um ótimo começo, pode ter certeza!

  2. Amei a matéria! Minha filha fez 2 aninhos, abri mão do trabalho para ficar com ela e foi a melhor decisão da minha vida. Ver a minha filha saudável e feliz, me orgulha muito, nada paga! Até hoje ela não come NADA industrializado, doces, frituras, refrigerante, nem sabe o que é. Ama frutas (todas), legumes (cozido sem sal, azeite..nada, natural), chá (sem açúcar, mel e adocante..só água). Sou super “chata” e regrada qto a isso, como td com ela, natural e faço a maior festa! Ela nunca ficou doente, se internou….nada grave, só gripes rápidas…. Td vale super a pena! Concordo com cada palavra desta matéria, as crianças são uma folha em branco. E olha que ela é uma guerreirinha, cardíaca, fez cirurgia do coração com 10 dias de vida, mas saiu do hospital 100%, é a minha vida! Amo ser mãe! Conheci o Tiago e a Gabi, através da Flávia Calina e amo todos, a criação da Manuh e da baby Vi, me apaixonou de cara! Pesquiso muito sobre educação infantil e achei vcs aleatoriamente. Obrigada por compartilharem tantas informações sábias! Amo vcs!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *